© 2017 por Kilómetro Lisboa.

Creado con Wix.com

info@kilometrolisboa.com

Lisboa, Portugal

  • Google+ Clean
  • White Instagram Icon
  • facebook
Please reload

Entradas recientes

Qué visitar en 2 días en Lisboa diferente a lo tradicional.

January 17, 2018

1/3
Please reload

Entradas destacadas

Onde ouvir FADO em Lisboa

February 15, 2018

Parece missão impossível, mas não é! Em Lisboa ainda é possível ouvir Fado em locais típicos, autênticos, com história, e, importantíssimo (!), sem ter de esvaziar a carteira até ao último cêntimo na altura de fazer contas.

 

Existem espetáculos para todos os gostos e orçamentos, e não é coisa só para turista fazer. Os lisboetas também procuram Fado e mexem-se na cidade para conseguir assistir a bons e genuínos espectáculos.

 

Mesmo que não sejas um fã incondicional deste estilo musical, é algo que em Lisboa não deves deixar escapar oportunidade.

 

Uma guitarra e um fadista. A partir disto, tudo o que surja a mais será bem-vindo.

 

Aqui deixamos algumas recomendações muito interessantes de Fado em Lisboa. Vai... que vais gostar!

 

 

 

 

 

 

A maioria das Casas de Fado encontra-se nos bairros históricos de Lisboa, no centro da cidade: bairro da Mouraria, bairro de Alfama e Bairro Alto.

 

Os locais que recomendamos são na sua maioria casas de FADO VADIO, ou seja, Fado de “Rua”. Um género mais alegre e descontraído que a sua forma clássica. Este género remonta às origens, já que o Fado nasceu na noite, nas ruas e vielas e tabernas do bairro da Mouraria... em lugares de má fama.

 

Neste tipo de espectáculo, de Fado Vadio, os fadistas normalmente não são profissionais e não se respeita religiosamente o silêncio sepulcral que caracteriza as casas de fado tradicionais desde o momento em que ecoa o primeiro acorde da guitarra portuguesa.

 

 

 

FADO VADIO

 

Se o que estás à procura é um pouco de diversão e não gastar muito dinheiro, aqui vão alguns bares, restaurantes, ou tascas de Lisboa, onde ouvir Fado, picar alguma coisa e beber um copo, não tem preços exagerados.

 

 

TascaBeat do Rosário: Numa pequena praça do bairro de Alfama, encontramos este bonito bar onde aos Domingos a partir das 19h podes desfrutar do divertido Fado Vadio.

O preço de uma cerveja, um copo de vinho, ou qualquer outra bebida, ronda os 2,50 euros.

Podes também pedir uma tosta ou outros petiscos para ir picando alguma coisa ao som das vozes dos fadistas (que muitas vezes são os próprios vizinhos do bairro).

Conselho: deves chegar por volta das 18h se queres conseguir uma mesa, pois o local é pequeno e cada vez mais conhecido e procurado.

Aqui encontramos uma mistura de tradição e bairrismo com modernidade e contemporaneidade, altamente equilibrada e no ponto certo.

Este é sem dúvida o nosso favorito!

Onde: Travessa de São João da Praça. Bairro de Alfama. Telf.: 00351933557125

 

 

 

Bartô: Falamos do bar da famosíssima escola de artes circenses e performativas Chapitô. Entre a sua extensa programação também encontramos Fado. Ambiente alegre num espaço, no seu geral, muito bonito e alternativo. Próximo ao Castelo de S.Jorge.

O concerto é grátis, mas tem um pequeno consumo mínimo de 5euros à entrada.

Normalmente os espectáculos são às 3ªfeiras (por vezes também às 5ªfeiras). Para ter a certeza que a ida não será em vão, convêm dar uma olhadela na sua própria página de internet (ou na Agenda Viral de Lisboa) e consultar a programação para esses dias.

Onde: Costa do Castelo, 7. Bar interior do Chapitô. Telf.: 00351218855550

 

 

Tasca do Jaime: A tasca original encontra-se no bairro da Graça, contudo, foi também aberta uma segunda casa no bairro de Alfama.

É uma tasca lisboeta antiga onde se pode ouvir fado aos Sábados à tarde depois do almoço. Ás vezes aos domingos também se canta por aqui, e em nenhum dos dias cobram entrada, pagas somente o que consumires. Na Tasca do Jaime no bairro da Graça, provavelmente, assistirás às actuações de pé, num ambiente mais descontraído impossível.

Onde: Rua da Graça, 91. Graça. Telf.: 00351 21 888 1560

Rua de São Pedro, 40. Alfama. Telf.: 0035 21 886 1164

 

 

Tasca do Chico: Aberta há bastante tempo, converteu-se numa das tascas mais conhecidas de Fado Vadio em Lisboa.

Lugar escolhido por muitos turistas jovens para começar a noite (frequentada também por vários brasileiros famosos).

Abriram duas tascas em dois bairros diferentes devido ao seu êxito, e, por isso, a única contrariedade, é que ao ter-se convertido num ponto conhecido dos já de si turísticos Bairro Alto e Bairro Alfama, está quase sempre totalmente cheio, sem lugares disponíveis. Há que correr por uma mesa chegando bem cedo (abre as 19h00). Abre todos os dias. Ambiente jovem e animado.

Onde: Rua Diario de Notícias, 39. Bairro Alto. Telf.: 00351 965 059 670

Rua dos remédios, 83. Alfama. Telf.: 00351 961339696

 

 

Grupo Desportivo da Mouraria: Neste Clube Social, onde iniciaram carreia alguns dos fadistas mais conhecidos de Portugal, instalou-se uma escola de fado.

Todos os segundos sábados de cada mês, a partir das 21h30, os alunos da escola actuam de forma gratuita.

Puro ambiente bairrista enquanto se molha a garganta e se entretém o estômago a preços simpáticos.

Onde: Travessa da Nazaré, 21. Mouraria. Mais informações na página oficial do facebook “Grupo Desportivo da Mouraria”

 

 

Tasca dos Amigos da Severa: A população diz que esta tasca tem aproximadamente 300 anos de antiguidade, tendo sobrevivido ao terramoto de Lisboa de 1755.

Neste local não existe programação oficial. Quando chega algum cliente animado e com vontade de cantar, ou quando a guitarra encontra um tocador, surge “arte” nesta minúscula taberna.

Ponto de culto lisboeta dedicado à que foi a primeira fadista que há memória, Maria Severa.

O fado, mesmo que não seja ao vivo, é sempre a banda sonora envolvente saindo do rádio antigo colocado na prateleira.

Onde: Rua do Capelão, 32. Bairro da Mouraria.

 

 

Info: Não deixes de visitar esta taberna, de conhecer a História do Fado, e o bairro onde este nasceu! Inscreve-te na nossa visita guiada caminhando pelo Bairro da Mouraria.

 

Visitas em Grupos de Número Reduzido favorecendo um Turismo Responsável e Consciente que pretende preservar a cidade e as sua tradições!

 

 

E agora, para os mais “PURISTAS” do Fado:

 

Para aqueles que pretendem assistir a um show que respeite o lado mais tradicional, assegurando-se do profissionalismo e da qualidade dos Fadistas, recomendamos casas de Fado Tradicional e de nome reconhecido.

 

Se este é o teu caso, aqui seguem algumas das casas mais clássicas, como por exemplo: ADEGA MACHADO, A PARRAREIRINHA DE ALFAMA, CAFÉ LUSO, O FORCADO.

 

Nestes locais o Fado Clássico e a qualidade estão assegurados, mas não esperes gastar menos de 40 ou 50 euros por pessoa (com jantar incluído obviamente), e terás inevitavelmente de dividir o espaço com turistas que viajam em grupos organizados. Poderás também chegar um pouco mais tarde do início do show (por volta das 22h) e não terás de jantar nesse local, aproveitando para poupar um pouco. Mesmo assim existe um consumo mínimo exigido pela casa que ronda normalmente os 15 ou 20 euros por pessoa.

 

Se preferes uma programação mais organizada, mas não exageradamente solene, e jantar tranquilamente, mas sem pagar os preços mais caros da cidade, estas são as nossas recomendações de Fado em Lisboa:

 

FORA DE MODA. Bairro de Alfama, ao lado da Igreja de Santo Estevão. Preço médio 20euros/pessoa. Onde: Lugar de Santo Estevão, 9. Alfama. Telf.: 00351965842346

 

TASCA BELA. Bairro de Alfama. Fado às 4ª-feiras e domingos. Jantar com custo aproximado 20euros/pessoa. Onde: Rua dos Remédios, 190. Alfama. Telf.: 00351926077511

 

MARIA DA MOURARIA. Bairro da Mouraria. Esta casa de fados localiza-se na casa onde viveu Maria Severa, a primeira fadista que existe registro. Jantar por 25euros/pessoa aproximadamente. Fecha à 2ªfeira e 3ªfeira. Onde: Largo da Severa 2B, Mouraria. Telf.: 00351218860165

 

 

Aviso: Os restaurantes tradicionais ou mais modernos que se dedicam ao FADO, ou que o incluem na sua programação, são tendencialmente, e logicamente, procurados por turistas e visitantes da cidade de Lisboa. Por isso, por vezes, não é de todo fácil encontrar locais que não sejam muito concorridos. Recomendamos-te então que sempre que seja possível faças a tua reserva.

Outra consideração importante e a ter sempre em conta é o facto dos preços praticados nas tascas, tabernas, bares e restaurantes que se dedicam ao fado, serem mais elevados do que regra geral, pois a parte musical também se paga, directa ou indirectamente (deves acrescentar uns um 20% aos preços normalmente praticados).

 

Estão constantemente a surgir novas casas e/ou espectáculos de Fado por toda a cidade. Alguns facilmente encontráveis, outros, só as pessoas locais ou residentes na cidade conhecem. Se nos quiseres contactar para qualquer tipo de informação extra não duvides, quer seja por facebook ou whatsapp (00351910079837).